Soares: Fidel a si mesmo.

A boçalidade da sociedade portuguesa atinge limites preocupantes nestas alturas de nojo, onde deixa de existir meio-termo e passa a existir uma total polarização – ou se fala bem, ou caso contrário, é-se ou retornado ou mal-agradecido – e tudo provavelmente bem regado com champanhe para comemorar! Na sua tour de force final – que vigora desde dia 7…

Breves notas introdutórias sobre simetria.

Nota prévia:  O autor agradece o incentivo dos seus leitores, seja pelas mensagens ou comentários enviados, uma vez que tal feedback se tem traduzido em motivação para a escrita, ainda que nem sempre seja possível escrever com a periodicidade desejada. Observe as seguintes imagens com atenção: Notou alguma coisa em comum entre elas? Será ridículo…

Erdogan and the Coup D’État

Mr. Erdogan failed to realize a couple of basic rules about coup d’état: a) There’s always a rehersal, trying to understand how the public will react and also to implement fear in the mind of the politicians; b) Erdogan’s response – ‘They will be severely punished’ – doesn’t affect a soldier who knew he was…

Exorcizar demónios

Em vez da habitual e mordaz crítica aos que os outros fazem e dizem, vou hoje antes deixar discorrer palha sobre o que me vai na alma – uma nota pautadamente mais pessoal, bem longe da tentativa (fracassada) de apresentar pontos de vista imparciais sobre os diversos temas aqui apresentados anteriormente. Esqueletos no armário. Encontro-me…

Terrorismo, Corrupção e Política – o eterno flirt do Dinheiro

Nos últimos dias, temos assistido a uma espectacular fuga de informação da Mossack & Fonseca, uma firma de advogados que, segundo o aparelho jornalístico, servia de frente para a criação de empresas offshore e encontra-se ligada à lavagem de dinheiro e demais géneros de corrupção. Claro que semelhante notícia é também fonte de fortes ironias….

Refugiados, Aristides e 1910-1917

(Isto é uma reacção aos famosos videos que andam aí a passar, com a ‘socielite’ portuguesa a dizer o que levava na mochilinha, escrita noutro lado, mas que decidi partilhar, sem modificações, nem correcções ortográficas) Eu vi uma acção há dias por parte do Ministro da Educação, numa escola, relativamente a isto. A minha reacção…

Adenda – Portugal e o Jornalismo – uma aventura pela surrealidade

Lembra-se de ontem ter invocado as ‘regras de Moscovo’? Existe um corolário da Lei de Murphy aplicada às regras de Moscovo, que diz o seguinte: “O que puder correr mal, irá correr mal, no pior momento possível” Hoje jogou-se aos ‘opostos’. Hoje, o PSD já não falou em tradição, falou em constituição – o que fez…

Portugal e o Jornalismo – uma aventura pela surrealidade

13h00. Hora do Telejornal – em qualquer canal de acesso público – em Portugal. Temas tratados: Política americana, futebol, roubos e homicídios. 20h00. Hora do Jornal da Noite. Temas tratados: vide infra. Talvez mais uma palavrinha ou outra de alguém no futebol a usar vocabulário que não entende, e ficamos por ai. Uma ou outra aparição de…

Expungido encómio – uma reflexão pessoal

Começo a pensar que não sei ou não consigo chegar às pessoas. Sinto que, por mais que fale, argumente, exponha ideias, que a minha voz tem a expressão dura do vácuo, moldada numa escuridão que desafia as leis da física. Verifico que as pessoas são manifestamente adeptas do silêncio – do silêncio vexativo, submisso, entenebrecido…

Tanga da Matemática – Parte 2

Quando pensamos em Portugal, pensamos naquele ‘país à beira-mar plantado’, onde qualquer ponte é desculpa para uma migração em massa para o Algarve – faça chuva ou faça sol – onde toda a gente conhece toda a gente, e onde cortar na casaca ao vizinho, seja de forma grotesca ou erudita, é visto como um…